fbpx
Gestão de Pessoas

Investimento em Desenvolvimento

28 abr 2020 • por Impulso Consultoria • 0 Comentários

Funcionários bem treinados e o impacto no resultado das empresas

É fato que o sucesso das empresas está intimamente relacionado ao desempenho de suas equipes. Quanto maior o alinhamento com a cultura, o engajamento, e quanto mais bem treinados estiverem os funcionários, melhores serão os resultados obtidos pelas empresas.

E se por aqui já nos dedicamos a falar sobre cultura organizacional e engajamento, neste momento vamos nos dedicar a analisar a forma como as empresas têm conduzido suas práticas relacionadas ao desenvolvimento de pessoas [treinamentos em geral]. Neste sentido, os dados do estudo “Panorama de Treinamentos no Brasil”, revelam que no ano de 2019 a média de investimento em treinamento e desenvolvimento por funcionário, praticada pelas empresas foi de R$ 652,00, o que significa uma redução de 13% comparado com o ano de 2018. Já com relação ao volume de treinamentos realizados por funcionário, a média é de 15 horas, o que representa uma queda de 17% em comparação com o ano anterior.

A pesquisa reflete o que ainda hoje é a realidade em muitas empresas quando o tema é o desenvolvimento: ou este é um dos primeiros itens a ser banido do orçamento para redução de custos – quando nesse caso, deveria na verdade, ser uma das armas na batalha da retomada do crescimento – ou apenas decide-se por não investir na capacitação dos funcionários por receio de prepará-los para o mercado, ou seja, receio de que quando o profissional estiver no auge da produtividade e do desenvolvimento vá embora levando para o concorrente o conhecimento proporcionado pela empresa. O fato é que pensamentos como esses fazem com que as empresas permaneçam estáticas, agindo apenas como observadoras dos movimentos – cada vez mais rápidos – do mercado e da ascensão dos concorrentes, sem serem capazes de reagir adequadamente.

Quando o desenvolvimento da equipe é visto como despesa [que deve ser evitada continuamente], o aprendizado acontece apenas por meio das experiências adquiridas no dia-a-dia, ou seja, através do método de tentativa e erro, o que pode comprometer tanto o desenvolvimento do funcionário quanto os resultados da empresa. Por outro lado, quando é visto como investimento, a capacitação dos profissionais passa a acontecer de forma constante e de acordo com as necessidades dos funcionários e das empresas, de forma coordenada, o que resulta em uma geração expressiva de know-how interno , fazendo com que aumentem as chances de se obter melhores níveis de desempenho e engajamento dos funcionários, e portanto, aumentem também os resultados obtidos.

Um bom exemplo sobre como coordenar as demandas da empresa com as necessidades de desenvolvimento das equipes pode ser observado na Duratex, que é um dos maiores produtores de painéis de madeira e louças e metais sanitários do Hemisfério Sul. A fim de expandir e diversificar o negócio, um dos objetivos da empresa é de inaugurar no ano de 2022, em parceria com uma indústria austríaca, a maior fábrica de celulose solúvel do mundo. Paralelo a esse projeto, a Duratex tem o desafio de capacitar e engajar seus funcionários sobre as 45 metas de sustentabilidade já desenhadas e previstas somente para 2025. E por lá o desenvolvimento dos funcionários está a todo vapor!

Para desenvolver as equipes, a empresa elaborou um programa de educação através de uma plataforma online chamado Ciranda D  que tem como objetivo disseminar entre os funcionários os temas da Estratégia de Sustentabilidade assumida pela empresa, onde os funcionários que mais se engajarem nos treinamentos serão reconhecidos através de pontuações em uma moeda virtual que posteriormente poderá ser trocada por prêmios. Além disso, desde 2017 a Duratex mantém o programa Agente da Gente, que capacita os funcionários para que se relacionem com as comunidades dos arredores da empresa, e por meio da escuta ativa “possam identificar e dar andamento interno a oportunidades, necessidades e expectativas das pessoas que vivem no entorno da Duratex”.

Assim como a Duratex tem feito, o plano de treinamento e desenvolvimento dos funcionários somente terá impacto positivo sobre o negócio se estiver alinhado com os objetivos estratégicos da empresa, o que pode ser verificado durante a elaboração do Levantamento das Necessidades de Treinamento [conhecido como LTN], que identifica e confronta o nível das competências atuais com o que é desejado de acordo com os desafios emergentes e de longo prazo.

Sendo assim, fica evidente que o ponto comum entre a Duratex e outras empresas que são líderes em seus segmentos de atuação e que possuem resultados expressivos é o entendimento de que ter um excelente time – isto é bem treinado – é o que faz com que os resultados sejam excelentes, e que a despeito de outros ativos, o capital humano ainda é o maior e melhor diferencial competitivo de qualquer empresa, e portanto, merece receber investimentos significativos e contínuos afim de garantir o sucesso das empresas ao longo dos anos.

*Este texto foi escrito pela equipe da Impulso Consult. Fique à vontade para compartilhá-lo, não se esquecendo de incluir os créditos ao autor.

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post
Nossa dica de hoje é especial para todos aqueles que colocam o coração em tudo que fazem! 😍

Se intensidade é o seu segundo nome, você vai AMAR ouvir a entrevista incrível realizada pela equipe do @podcastatitudeempreendedora com Paulo Correa, CEO da C&A 👚👖👗

Gravado no início da pandemia, Paulo fala sobre como o trabalho remoto promoveu um aumento significativo da colaboração entre as pessoas, sobre a humanização das empresas e sobre quais são os fatores decisivos para contratar um profissional para seu time.

Paulo é um daqueles líderes intensos, que coloca o coração nas relações, que ouve atentamente e que sabe que, quanto mais os líderes se conhecem mais são capazes de influenciar e conduzir as pessoas a sua volta.

Se você, assim como nós, está sempre buscando ser um gestor ou gestora melhor, com certeza vai curtir essa dica! 🤩😉
Você já parou para pensar sobre quando é a hora de mudar de ideia sobre algo? 🤔💭

Se você tem uma ideia e vem trabalhando duramente nela, mas não tem conseguido atingir os resultados que deseja ou precisa, talvez seja interessante avaliar se não é hora de abandonar o plano inicial e mudar os rumos ⬆️↗️

É sempre frustrante abandonar um projeto que parecia incrível. A sensação de que está fazendo as coisas erradas ou de não saber como atingir os resultados com certeza causam muito desanimo e frustração 😔

Mas é justamente nessa hora – do desanimo e frustração - que você precisa se lembrar que o caminho do empreendedorismo não é linear e que há inúmeras possibilidades a serem aproveitadas, que você só irá descobrir na hora que tirar o foco do problema e começar a focar em buscar novas soluções 💡

Se você tiver um olhar atento [a gente te ajuda com isso, tá?!] você poderá mudar completamente seu produto/serviço, estratégia comercial, metas financeiras, forma de gerir a equipe, e tudo o mais que achar necessário para ser um sucesso! 🤩

Conta pra gente: tem algum projeto aí que merece ser repensado, reformulado ou abandonado?
É super comum as pessoas acharem que a área financeira é a área mais importante da empresa, porque é a que controla o dinheiro. Mas isso não passa de um enorme MITO! 👎🏾

A área financeira é uma área de suporte, que ajuda a empresa a entender se as estratégias comercial e operacional são financeiramente viáveis e rentáveis, que faz as transações financeiras [pagar e receber] e que controla e analisa os números para garantir que tudo está saindo conforme planejado 🔎📈📊

Não existe, em uma empresa, uma área mais importante que as outras. Todas as áreas são importantes!

É fundamental que todas trabalhem juntas, dando informações e suporte umas às outras, para que todas possam oferecer as melhores soluções para os clientes. Afinal, o sucesso é construído em conjunto! 🤝🏆
Todos os dias surgem milhares de ideias. Algumas incríveis, outras bem simples 💡

Muitas ideias incríveis morrem logo após surgirem. Algumas ideias simples tornam-se um sucesso.

O que faz uma ideia ser um sucesso não tem a ver com ser incrível, inédita ou revolucionária. O que faz uma ideia ser um sucesso é a forma como ela é EXECUTADA 💪🏽⚒️

Depois de ter uma ideia, que é O QUE você quer fazer, você precisa investir tempo em estudar e planejar a forma COMO você vai fazer essa ideia funcionar. E, depois disso, trabalhar duramente [e sem pressa] para executar cada passo do seu plano com excelência.

Parece simples. Mas sabemos que não é! 😥

Para executar um plano com excelência é preciso ser apaixonado pelo problema a ser resolvido, e não pela ideia em si.

Então, preocupe-se mais em EXECUTAR COM EXCELÊNCIA do que em ter ideias mirabolantes. Afinal, como sabiamente disse o Andy, “Ideias são fáceis. Execução é tudo.” 🚀👊🏼
Você já parou para pensar sobre...

❓Quem precisa do serviço/produto que você vende?
❓Por que esse potencial cliente precisa desse produto/serviço?
❓Por que esse potencial cliente precisa comprar de você e não do seu concorrente?

Analisar essas questões permite que você avalie se:
• o tipo de produto/serviço que você oferece é o que o seu público realmente deseja/precisa.
• a qualidade oferecida atinge as necessidades e expectativas.
• o preço é competitivo e reflete o valor do produto/serviço.
• a forma de apresentação é atrativa.
• a forma de se comunicar é eficiente [meios de comunicação, vocabulário utilizado, material de propaganda etc.].

Se você costuma avaliar essas questões, então, com certeza está na liderança! 🥇

Se não costuma avaliar porque não sabe muito bem como fazer isso, clica no link na nossa bio e agenda o seu diagnóstico de gestão gratuito, que nós te ajudamos com essa missão!
@impulsoconsult
Fale com a gente!
Saiba como podemos ajudar a impulsionar os resultados da sua empresa