Impulsionando Negócios

O que é People Analytics?

22 jun 2021 • por Impulso Consultoria • 0 Comentários

Imagine as informações sobre os funcionários de uma empresa arquivadas dentro de pastas, identificadas com o nome de cada um e organizadas em ordem alfabética dentro de gavetas de armários protegidos por chaves. Agora, pense: quais informações desse emaranhando de documentos você pode extrair de forma rápida e precisa, que podem te guiar para uma tomada de decisão assertiva com relação aos funcionários da sua empresa?

Saiba que o cenário descrito acima é a realidade da área de Recursos Humanos de muitas empresas, de todos os segmentos e tamanhos.

A falta de informações sobre os funcionários é um dos motivos pelos quais as áreas de recursos humanos das empresas, muitas vezes deixam de assumir um papel estratégico no negócio. Mas isso começou a mudar quando uma empresa decidiu empregar toda sua expertise em análise de dados no RH e criar o que ficou conhecido como People Analytics, tema desse artigo.

Em meados de 2005 o Google recebia milhares de currículos todos os dias, e para que as informações de cada um deles fossem analisadas era preciso uma equipe de recrutadores imensa. Ora, se a empresa era expert em analisar dados, por que não aplicar essa habilidade na área de RH? E foi assim que nasceu o conceito de People Analytics.

People Analytics ou Análise de Pessoas, é a análise dos dados dos funcionários de uma empresa através de modelos estatísticos. As informações podem ser desde aquelas técnicas, que normalmente estão no prontuário do funcionário, ou podem estar relacionadas aos hábitos e sentimentos das pessoas, que podem ser coletadas por exemplo, através dos acessos no computador ou linguagem utilizada em e-mails.

People Analytics fornece informações não só para o RH das empresas, mas para todos os gestores. Com isso, todos são munidos de dados para transformar a tomada de decisão relacionada às pessoas em algo menos subjetivo e circunstancial.

No livro “Os princípios básicos do People Analytics” – tradução livre – estão descritas as 05 etapas para implementação do people analytics pelas empresas, conforme indicado a seguir, que podem ajudar sua empresa a utilizar os dados coletados para orientar a tomada de decisão para assuntos estratégicos da área de gestão de pessoas:

1. Definição da pergunta: qual problema da empresa você precisa solucionar?

2. Coleta de dados: qual é a fonte de origem dos dados? qual ferramenta será utilizada para coletá-las?

3. Limpeza de dados: analisar os dados coletados para identificar se há falta de informações e/ou tratar os outliers, ou seja, aqueles dados que fogem da normalidade, pois podem afetar o resultado do trabalho.

4. Análise de dados: o livro separa a análise de dados em três categorias distintas e sequenciadas: descritiva, preditiva e prescritiva. Porém, aqui utilizaremos o modelo proposto pela consultoria Gartner, que acrescenta a análise diagnóstica.

  • A análise descritiva, demonstra o que aconteceu em determinado cenário;
  • A diagnóstica explica o motivo pelo qual algo aconteceu;
  • A preditiva aponta o que de acordo com os dados deve acontecer, trata-se de uma tendência ou previsão;
  • A prescritiva, que é a antecipação, ou seja, o que devemos fazer para evitar ou incentivar que algo aconteça.

5. Interpretação e execução: interpretar os resultados, definir ações e tomar decisões.

É claro que, quanto mais detalhes forem analisados mais ferramentas serão necessárias. Porém, para iniciar o processo de coleta de informações e análise de dados menos robustos, o Excel é um excelente aliado, fazendo com que empresas de todos os tamanhos possam fazer uma melhor gestão de pessoas a partir do people analytics.

William Edwards Deming, um estatístico mundialmente conhecido por transformar a gestão de qualidade das empresas dizia que “aquilo que não é medido não é gerenciado”. Por aqui, concordamos com ele e acreditamos que analisar aquilo que de fato importa é o que faz qualquer empresa alcançar bons níveis de eficiência. E, se as pessoas são o que há de mais importante nas organizações, o people analytics é o melhor aliado para ajudar as empresas a conhecer melhor seus times, e assim ter a assertividade necessária para executar ações que farão seus colaboradores serem ainda mais felizes e produtivos no trabalho.

*Este texto foi escrito pela equipe da Impulso Consult. Fique à vontade para compartilhá-lo, não se esquecendo de incluir os créditos ao autor.

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post