Finanças Corporativas

Investimento

08 set 2020 • por Impulso Consultoria • 0 Comentários

O que considerar no momento de decidir onde investir

Todas as empresas irão se deparar (se ainda não se depararam) com dúvidas relacionadas a investimentos. Questões como aonde, quanto e quando investir são comuns, especialmente para aquelas que estão em busca de crescimento e/ou precisam reinventar-se para se manterem competitivas.

Investir significa aplicar recursos com a expectativa de obter retornos no futuro. Por isso, é importante que antes de tomar quaisquer decisões sobre investimentos, as empresas tenham clareza sobre como, quando fazê-lo e quais são os retornos esperados. Parece simples, certo? Mas não é!

As decisões de investimento precisam estar contidas no plano estratégico e serem coerentes com os objetivos de cada empresa. Desta forma, todos os esforços estarão direcionados para que a empresa consiga atingir resultados específicos.

Quer definir os objetivos e metas da sua empresa? Acesse o nosso artigo “Como Estão seus Objetivos e Resultados? clicando aqui.

Veja o exemplo de uma empresa cujos objetivos estão todos relacionados com o aumento da rentabilidade. Esta empresa precisa tomar ações que viabilizem um aumento de margem, que podem ocorrer, por exemplo:

  • Através do aumento do ticket médio, decorrente da venda de produtos e serviços para um público disposto a pagar um valor mais alto para consumi-los. Para que isso ocorra, os investimentos devem ser voltados para publicidade direcionada para este público, implantação de uma tecnologia que ofereça uma experiência melhor ao cliente, implantação de um serviço de pós-venda mais eficiente e/ou ações que façam com que os clientes tenham uma melhor percepção de valor da marca.
  • Através da redução de custos, que pode ocorrer através da instalação de um maquinário mais eficiente, implantação de uma tecnologia que economize recursos como água e energia elétrica no processo produtivo ou da implantação de softwares que permitam que a empresa tenha um processo de compras mais inteligente e íntegro, garantindo que as decisões de compras permitam à empresa adquirir insumos com a máxima qualidade e menor preço.

Neste contexto, não faz sentido pensar em investir no aumento da capacidade produtiva ou em realizar quaisquer ações que não estejam diretamente relacionadas com o que é, de fato, importante para o futuro da empresa, que, neste caso, é o aumento da rentabilidade.

Quando os investimentos são planejados e executados levando-se em conta os objetivos da empresa, estes podem ser atingidos com mais rapidez e consistência além do fato que, os esforços empregados devem ser recompensados em um prazo factível, possibilitando que novos objetivos sejam traçados e sempre que necessário, novos investimentos realizados com mais segurança.

Com os objetivos em vista e com clareza sobre onde e quando o investimento deverá ser realizado é muito importante realizar uma criteriosa Análise de Riscos, pois, é natural que os investimentos tragam diferentes tipos de riscos para a empresa, sejam eles relacionados à reputação da empresa e/ou ao fluxo de caixa. Por isso, uma boa análise deve contemplar:

1º. Identificação dos riscos relacionados com o investimento;

2º. Avaliação dos impactos destes riscos sobre a reputação e fluxo de caixa da empresa;

3º. Identificação dos retornos esperados;

4º. Seleção das opções que apresentem maior potencial de retornos e menores riscos;

Esta análise, que cruza dados de risco e retorno de cada investimento, permite à empresa gerir os recursos da empresa de forma assertiva, uma vez que, para investir, a empresa precisará utilizar uma quantia substancial do próprio caixa ou de investidores (bancos, familiares etc.).

Até aqui falamos sobre o conceito de investimentos, sobre o quanto é importante que estejam alinhados com os objetivos da empresa além dos principais pontos a serem analisados para conhecer os riscos relacionados ao investimento. Empresas que investem continuamente e de forma inteligente, estão em constante melhoria. Isso as torna vivas em um mercado extremamente competitivo e volátil.

Se tomar a decisão sobre qual e como investimento deve ser realizado já ficou mais simples, queremos agora saber: você sabe como analisar os retornos dos investimentos?

Se isso ainda é um desafio para sua empresa, fique de olho no próximo artigo. Nele vamos explicar tudo o que você precisa saber para calcular os retornos sobre os investimentos e, desta forma, decidir de forma racional sobre os melhores investimentos para sua empresa.

*Este texto foi escrito pela equipe da Impulso ConsultoriaFique à vontade para compartilhá-lo, não se esquecendo de incluir os créditos ao autor.

Comente Aqui
Posts Anterior