Impulsionando Negócios

Como ser (ou continuar sendo) relevante para nossos clientes?

29 jun 2020 • por Impulso Consultoria • 0 Comentários

Conecte-se com seus clientes e faça melhores negócios

Nos últimos anos os mercados vêm mudando numa velocidade absurda, e a crise causada mundialmente pelo COVID-19 acelerou ainda mais as transformações que já estavam em curso. Algumas tendências de mercado tornaram-se “o novo normal”, fazendo com que tenhamos que reavaliar a nossa forma de fazer negócios, mantendo, mais do que nunca, o cliente no centro da estratégia.

A alteração nas dinâmicas de trabalho com a inclusão do home office no dia-a-dia, o desenvolvimento de novos produtos e serviços para se adequarem à nova realidade e demandas dos consumidores, a alteração nas formas de vender e comprar devido a desmistificação do uso dos canais online, e a alteração brutal do comportamento do consumidor através da preferência por consumir produtos e serviços oferecidos por empresas que adotaram posturas mais engajadas e comprometidas durante a crise são algumas dessas tendências que, aparentemente, se tornaram o “novo normal”. E todas essas alterações trouxeram à pauta das empresas a seguinte questão: como ser (ou continuar sendo) relevante para seus clientes em um ambiente em transformação? Isso porque, mais do que nunca, as decisões de compra passam a ser pautadas por outros aspectos que não apenas utilidade e preço, logo, farão melhores (e mais) negócios aqueles que conseguirem conectar-se melhor com os clientes.

E para facilitar esse processo de desenvolvimento de melhores conexões entre vendedores e potenciais clientes, elencamos alguns aspectos que farão toda a diferença neste processo.

1. Impacte positivamente o mundo – e não apenas o seu caixa!

Mais do que ter um produto e/ou serviço útil, as pessoas querem comprar de quem tem um propósito, de empresas que se preocupem com tudo o que está ao redor delas (funcionários, meio ambiente, comunidade etc.) e não daquelas que estão apenas preocupadas com o próprio lucro. E uma excelente forma de fazer isso é compartilhando seus princípios, valores, ações socialmente relevantes e afins. Desta forma, a empresa pode ser percebida pelo cliente como uma parceira que provê soluções, ao invés de ser apenas mais uma empresa vendendo algo.

Mas atenção: pregue apenas aquilo que pratica! A verdade está a apenas um clique de distância, por isso, é importante que a imagem que a empresa transmite seja verdadeira.

2. Concentre seus esforços em solucionar problemas

Seja obcecado pelo seu cliente! Busque aprender tudo sobre os problemas dele e se empenhe em criar soluções que sejam mais eficientes, mais práticas, que sejam mais ágeis, que ofereçam mais comodidade, que gerem economia e que de alguma forma ajude-os a evoluir. Procure saber quais são as possíveis transformações pelas quais o segmento de atuação do seu cliente pode vir a passar e tente se antecipar, oferecendo soluções para que ele saia na frente. Essa obsessão pelo cliente é o que fará o seu negócio – produtos e serviços – evoluir e gerar bons retornos.

3. Abrace a tecnologia e crie experiências incríveis para o cliente

Com a grande quantidade de empresas operando nos canais digitais, pode haver a (falsa) impressão de que esse canal esteja lotado e que uma nova empresa será apenas “mais uma na multidão”, o que pode desencorajar os esforços de venda neste canal. Mas saiba que sairão na frente aqueles que conseguirem estabelecer um balanço perfeito entre automação (das ferramentas de vendas online) e humanização (do atendimento oferecido), e com isso proporcionar uma excelente experiência de consumo. Busque esse balanço incansavelmente, pois, ele fará a diferença nos resultados.

4. Fomente parcerias de longo prazo

Toda empresa quer parceiros de longo prazo, mas poucas empresas se dedicam a fomentar essa parceria através do oferecimento de apoio ao cliente que não estejam incluídos na venda. Se você vende produtos para lojas físicas, experimente oferecer uma consultoria sobre como posicionar os produtos no PDV, como montar ofertas para redes sociais, como criar ações comerciais ou sobre como gerir melhor o estoque, por exemplo. São pequenas ações, de muita importância, que ajudam o cliente a ter um negócio mais rentável, adicionam valor à relação entre as empresas e mantem o cliente ao seu lado no longo prazo.

Em resumo, para se manter relevante e criar conexões duradouras é necessário que sejamos altamente adaptáveis, capazes de perceber as oportunidades que surgem nas mudanças de cenário e que mantenhamos o cliente sempre no centro da nossa estratégia de negócios, pois é garantindo o sucesso de nossos clientes que garantimos o sucesso dos nossos próprios negócios.

*Este texto foi escrito pela equipe da Impulso Consult. Fique à vontade para compartilhá-lo, não se esquecendo de incluir os créditos ao autor.

Comente Aqui
Posts Anterior
Próximo Post